DesportoDESTAQUEMundial 2022Seleção Nacional

Se fosse fácil não era para nós

Portugal entrou com o pé direito neste Mundial e venceu o Gana por 3-2.

Um jogo sofrido da equipa das Quinas que acabou com o coração nas mãos, mas conseguiu os três pontos e é lider isolado do grupo H.

Foi uma primeira parte lenta da equipa portuguesa, com muitas dificuldades para ultrapassar o bloco baixo, e a não conseguir criar muito perigo na defesa africana. Por outro lado, o Gana ia conseguindo algumas saídas em transição mas sem criar perigo iminente.

Na segunda parte, o Gana entrou mais subido no terreno, a tentar ferir Portugal. Cristiano Ronaldo consegue ganhar um pénalti e inaugura o marcador, e o jogo estava desbloqueado. Mas a equipa do Gana não se fez de rugada e restabelece o empate através do veterano Andre Ayew, que finaliza depois de um ressalto na pequena área.

Portugal vai para cima e adianta-se no marcador num grande golo de João Félix, que com classe, tira a bola da trajetória do guarda redes Zigi e faz o segundo do jogo para a seleção portuguesa. Rafael Leão, acabado de entrar, também faz o gosto ao pé e faz o terceiro golo, o que parecia fechar definitivamente as contas da partida. Mas Portugal não é Portugal se não fosse sofrido, e o Gana voltava a colocar a incerteza no resultado, num cabeceamento na pequena área de Bukari, que, sozinho, cabeceia para o 3-2, e os últimos minutos foram de coração nas mãos.

A vitória acabaria por sorrir à seleção, que assim é lider isolada do grupo H. Nota ainda para as duas assistências de Bruno Fernandes. O próximo compromisso nacional é na segunda-feira frente ao Uruguai, jogo marcado para as 19 horas.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo