Grand SlamMAIS NOTÍCIAS

Rafael Nadal regressa ao topo do “ranking” mundial de ténis

Rafael Nadal é o novo número um do mundo de ténis. Uma subida ao trono anunciada desde 11 de outubro, quando o anterior número um, o sérvio Novak Djokovic, caiu nos quartos de final do Masters de Xangai.

Agora, é o tenista espanhol que lidera o “ranking” ATP, com 9.585 pontos, mais 640 pontos que Djokovic. Em terceiro lugar, continua o suíço Roger Federer, com menos 3.395 pontos que Nadal. Não há mais mudanças no”top-5″: o russo Daniil Medvedev é quarto classificado e o austríaco Dominic Thiem é quinto.

Contudo, a partir daí, surgem várias mudanças. O grego Stefanos Tsitsipas sobe ao sexto lugar, por troca direta com o alemão Alexander Zverev. O italiano Matteo Barini também sobe um degrau, para oitavo, tal como o espanhol Roberto Bautista Agut, para nono. Gael Monfils, que escalou três posições, entrou no “top-10”. O grande derrotado da atualização desta segunda-feira é o russo Karen Khachanov, que cai nove posições, de oitavo para 17.º classificado do “ranking”.

No plano nacional, João Sousa continua a ser o melhor, no entanto, perdeu uma posição e é, agora, 61.º colocado da hierarquia mundial. Pedro Sousa também se mantém em segundo, mas caiu 10 posições, para 137.º.

Nota, ainda, para a troca, na hierarquia portuguesa, entre Frederico Silva, que passa a ser o terceiro melhor, e João Domingues, que passa para quarto. Silva escalou 27 posições no “ranking”, para 175.º, estreando-se no “top-200”. Ultrapassou Domingues, apesar da subida de quatro lugares deste.

Em quinto, continua Gonçalo Oliveira, que também registou uma melhoria, neste caso de dois postos, para 263.º. Gastão Elias subiu três lugares, para 375.º. Quem caiu a pique foi Frederico Gil: uma escadaria de 31 degraus, para 459.º.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo