Grand SlamDESTAQUE

Finalista de 2021 de fora de Wimbledon por covid-19

Matteo Berrettini foi forçado a abandonar o torneio de Wimbledon. O tenista italiano testou positivo à covid-19 na manhã desta terça-feira, e não vai conseguir defender a final que atingiu há 12 meses.

Nas redes sociais, Berrettini disse estar de “coração partido” com a notícia. Estava com sintomas de gripe há uns dias, apesar de não serem severos. Fez um novo teste esta manhã, e acabou mesmo por dar positivo. “O sonho acabou por esta temporada, mas vou voltar mais forte”, concluiu o italiano.

Matteo Berrettini é o número 11 do mundo, e um dos melhores da superfície de relva. Na época passada, perdeu na final de Wimbledon frente a Novak Djokovic. O jogador venceu os dois torneios em relva de preparação para o Grand Slam londrino em que preparou.

O lugar do italiano no torneio vai ser ocupado pelo sueco Elias Ymer, que vai defrontar, esta terça-feira, o chileno Cristian Garin.

Esta segunda-feira, outro dos favoritos a chegar às rondas decisivas ficou também de fora por covid-19. Marin Cilic foi obrigado a desistir, com o croata a dar lugar ao português Nuno Borges.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo