Futebol de PraiaTOPO

Futebol de praia do Sporting punido pelo STA

O Supremo Tribunal Administrativo castigou o Sporting com perda de quatro pontos, derrota por 3-0 e multa de 1020 euros, devido ao comportamento incorreto de um adepto dos verde e brancos, durante um jogo de futebol de praia, em 2017.

Segundo o acórdão, durante o encontro diante do Sp. Braga, o adepto leonino agrediu um dos árbitros com duas palmadas na cabeça, cuspiu-lhe e ameaçou-o de morte. O jogo foi interrompido, mas retomou minutos depois, após os agentes da Polícia Marítima terem controlado a situação. Já perto do final da partida, numa altura em que o Sporting perdia por 5-3, o mesmo adepto agrediu com um pontapé nas costas um jogador do Sp. Braga que estava sentado no banco de suplentes.

A equipa de arbitragem terminou de imediato o encontro, ainda antes do fim do tempo regulamentar.

O Supremo entendeu que apesar de o autor dos distúrbios não ter sido identificado, este pode ser qualificado de «sócio, adepto ou simpatizante» do Sporting e, assim, deu razão ao recurso interposto pela Federação Portuguesa de Futebol.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo