CiclismoDESTAQUEModalidades

Quando o silêncio faz toda a diferença

A necessidade de descanso, silêncio e uma boas horas de sono levaram um dos ciclistas mais cotados no ranking a ter um autêntico ataque de nervos e que promete ter consequências.

O barulho no corredor e as constantes perturbações ao seu descanso acabaram por tramar Van der Poel.

O corredor terá discutido e empurrado duas jovens. De acordo com a queixa, apresentada na polícia, “uma delas caiu e outra foi empurrada contra uma parede, causando uma pequena ferida no seu cotovelo”.

Assim, Mathieu van der Poel foi detido e acusado de agressão a estas duas adolescentes, nos arredores de Sidney, na Austrália.

O ciclista neerlandês estava a descansar no quarto do hotel quando foi incomodado pelas raparigas de 13 e 14 anos, que bateram repetidamente à sua porta.

“Os responsáveis do hotel foram informados sobre o incidente e chamaram a polícia. Oficiais do St George Police Area Command compareceram no local e prenderam um homem de 27 anos. Ele foi levado para a esquadra de Kogarah e enfrenta duas acusações de agressão. Saiu em liberdade condicional e terá de comparecer no tribunal de Sutherland a 27 de setembro”, confirmou a New South Wales Police, em nota oficial.

O ciclista dos Países Baixos ainda iniciou a corrida do Mundial de ciclismo, em Wollongong, mas acabou por desistir após cerca de 30 quilómetros percorridos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo