CiclismoDESTAQUE

Koen Bouwman vence a sétima etapa do Giro D’Italia

196 quilómetros com 4500 metros de elevação depois, foi o neerlandês Koen Bouwman a conseguir vencer no sprint final entre três ciclistas. A sétima etapa do Giro d’Italia foi uma de grande dureza. Contagens de montanha desde muito cedo, e uma fuga a quatro para decidir o vencedor.

Três atletas dos Países Baixos, com o próprio Bouwman, Bauke Mollema e ainda Tom Dumoulin. O italiano Davide Formolo fazia as honras dos da casa. Dumoulin era um dos possíveis favoritos à partida, mas perdeu quase 10 minutos numa das primeiras etapas. Tentou esta sexta-feira recuperar tempo, que ainda assim se provou insuficiente.

O grupo da frente chegou pouco menos de três minutos antes do lote dos favoritos. Entre esse segundo grupo estava o português João Almeida. O ciclista de A dos Francos conseguiu mesmo terminar em oitavo, num lote de mais de 30 ciclistas. Almeida não perdeu tempo para nenhum dos trepadores de topo, mas também não o ganhou.

Na frente da classificação geral continua o espanhol Juan Pedro López. O ciclista da Trek continua a aguentar a liderança, mas não deve durar muito mais. Um minuto e cinquenta e oito continua a ser a desvantagem de João Almeida para o camisola rosa.

A próxima etapa começa e termina em Nápoles. Com muita mais leveza, vão ser 153 quilómetros com apenas uma contagem de quarta categoria. O oitavo dia de corrida na Volta à Itália deve ser novamente para discussão entre os sprinters.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo