CiclismoMAIS NOTÍCIAS

Equipas Ineos e Astana também falham provas de ciclismo em março devido a coronavírus

A Astana e a Ineos juntaram-se às equipas que vão falhar as próximas provas de ciclismo na Europa, devido à propagação do novo corovírus Covid-19.

A britânica Ineos, que justifica a decisão também com a morte de Nicolas Portal, um dos seus diretores desportivos, referiu em comunicado que apenas voltará a correr em 23 de março, na Volta à Catalunha.

Já os cazaques da Astana retiraram-se da competição até 20 de março, falhando, entre outras provas, as clássicas italianas Strade Bianchi e Milão-San Remo e a Paris-Nice.

Antes já outras equipas do WorldTour, como a Mitchelton-Scott, a CCC e a Jumbo Visma, tinham revelado que iam falhar algumas das próximas provas, devido ao Covid-19.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.200 mortos e infetou mais de 93 mil pessoas em 78 países.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo