BasquetebolMAIS NOTÍCIAS

Michael Jordan doa 10 milhões de dólares para abrir duas clínicas

O ex-jogador e lenda do basquetebol Michael Jordan vai doar 10 milhões de dólares, mais de 8 milhões de euros, para a construção de duas clínicas em Wilmington, onde cresceu, no estado da Carolina do Norte, Estados Unidos

“Todos devem ter acesso a cuidados de saúde de qualidade. Não importa onde vivem ou se têm ou não um seguro. Wilmington tem um lugar especial no meu coração e é verdadeiramente gratificante poder retribuir à comunidade que me apoiou durante toda a minha vida”, disse o ex-jogador da NBA.

Em comunicado, Michael Jordon disse estar “muito orgulhoso” de, mais uma vez, poder proporcionar o acesso a serviços médicos, em parceria com a “Novant Health”.

A abertura das clínicas está prevista para o início do próximo ano.

Michael Jordan, de 57 anos, já tinha doado 7 milhões de dólares, mais de cinco milhões de euros, para a construção de clínicas em Charlotte, também na Carolina do Norte, para apoiar as pessoas com mais necessidades.

Em junho do ano passado, prometeu doar 100 milhões de dólares, cerca de 88 milhões de euros, durante os próximos 10 anos a organizações dedicadas à igualdade e à luta contra a discriminação racial. O anúncio foi a maior promessa de uma doação feita por um antigo desportista para instituições sem fins lucrativos. A fortuna pessoal de Michael Jordan era estimada, por essa altura, em cerca de dois mil milhões de euros.

Considerado uma das maiores figuras da história do basquetebol mundial, Jordan foi seis vezes campeão na liga norte-americana de basquetebol (NBA). Depois de 15 anos na NBA, o último jogo como basquetebolista profissional foi em 2003. Está no Basketball Hall of Fame, a mais importante distinção da carreira de um basquetebolista nos Estados Unidos, desde 2009.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo