DESTAQUEFutebol

Vizela regressa à I Liga 36 anos depois e Arouca discute play-off enquanto Oliveirense e Vilafranquense descem

O Vizela assegurou, este sábado, a subida à I Liga portuguesa de futebol, ao terminar no segundo lugar do segundo escalão, relegando o Arouca para o play-off com o Rio Ave, enquanto que Oliveirense e Vilafranquense foram despromovidos.

Na 34.ª e última jornada da II Liga, o Vizela venceu na receção ao Vilafranquense, por 5-2, e juntou-se ao campeão Estoril Praia no regresso à I Liga, depois da inédita presença em 1984/85, ao totalizar 66 pontos.

O jogo que deu a vitória histórica ao Vizela começou de feição para a equipa da casa, com Diogo Ribeiro a inaugurar o marcador. O Vilafranquense empatou, de grande penalidade, por Evandro Brandão mas os minhotos não se ressentiram, mesmo que tenham perdido virtualmente o segundo lugar em duas ocasiões. Rapahel Guzzo fez o 2-1 ainda antes do intervalo, Brandão voltou a empatar através de um penálti mas Guzzo também bisou e, desde então, o jogo foi todo do Vizela: Kiko Bondoso marcou o quarto golo e Tavinho, já nos descontos, selou o resultado.

Os minhotos fecharam com chave de ouro uma épica com números impressionantes: somaram 26 jogos consecutivos sem perder, Cassiano, com 16 golos, conquistou o prémio de melhor marcador e o Vizela acabou em segundo lugar, com 66 pontos, e como a equipa com o melhor ataque, com 59 golos.

No final da partida palavras emocionadas do treinador Álvaro Pacheco do lado do Vizela após a subida de divisão

.Já o técnico do Vilfranquense Carlos Pinto lamento a descida de uma equipa que sempre deu o exemplo.

O Arouca, que conta quatro presenças entre os grandes, entre 2013/14 e 2016/17, terminou na terceira posição, com 65, apesar da vitória por 3-1 na receção ao Leixões, e vai disputar o play-off de acesso à I Liga frente ao Rio Ave, 16.º e antepenúltimo do principal escalão.

Com a derrota no terreno do Vizela, o Vilafranquense ‘caiu’ para o 17.º e penúltimo lugar e desceu ao terceiro escalão, com os mesmos 31 pontos da também despromovida Oliveirense, relegada para a última posição ao perder por 1-0 no terreno do Varzim, que assegurou a manutenção, ao somar 33.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo