FutebolMAIS NOTÍCIAS

Srdjan Obradovic com 15 meses de prisão por penálti inexistente

O Tribunal Superior de Novi Sad condenou, na quinta-feira, o árbitro de futebol Srdjan Obradovic a uma pena de 15 meses de prisão por ter sido provado que abusou da sua posição para marcar um penálti inexistente a favor do Spartak Subotica, na receção ao Radnicki, num jogo disputado em maio de 2018.

Além disso, Obradovic foi banido por dez anos de qualquer função relacionada com arbitragem, ou com qualquer cargo na Federação Sérvia de Futebol (FSS), noticiou a agência Tanjug.

Tanto a acusação como a defesa poderão apelar desta decisão, relativa ao jogo que ditou a vitória do Spartak por 2-0, com ambos os golos a serem marcados de grande penalidade, uma delas a que ditou esta decisão judicial. O Radnicki acabou ainda com um jogador a menos, por expulsão. O jogo revestia-se então de importância no acesso às competições europeias.

Em campo, Obradovic indicara que tinha havido uma mão na bola de um jogador do Radnicki, que não existiu.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo