FutebolMAIS NOTÍCIAS

Socos, insultos e pancada foram os ingredientes da Supertaça do Brasil conquistada pelo Flamengo

A imprensa brasileira relata uma enorme confusão no túnel de acesso aos balneários ainda antes do fim jogo da Supertaça, que colocou frente a frente o Palmeiras de Abel Ferreira e o Flamengo. João Martins, adjunto de Abel, e o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, terão andado mesmo à pancada.

Segundo o site da ESPN Brasil, a confusão começou com a expulsão de João Martins. A caminho do balneário o português cruzou-se com dirigentes do Flamengo e disse a Marcos Braz “levem logo a taça”.

O dirigente da formação do Rio de Janeiro não terá gostado de ouvir aquelas palavras, aproximou-se de João Martins e respondeu. O diretor executivo do Flamengo, Bruno Spindel, disse mesmo ‘vai levar no c…’.
Dois seguranças do Palmeiras estavam no local e envolveram-se na confusão, que acabou com João Martins e Marcos Braz a trocarem socos.

O ‘vice’ do Flamengo escorregou na escada do túnel e caiu, onde terá sido novamente atingido antes de ser socorrido por seguranças e jogadores da equipa carioca.

Depois, seguranças, dirigentes e jogadores trocaram acusações, empurrões e socos. Os funcionários da CBF e os seguranças privados contratados para o encontro no Mané Garrincha lá conseguiram acalmar os ânimos.

O Flamengo, recorde-se, ganhou a Supertaça depois de derrotar o Palmeiras, nos penáltis. Abel Ferreira também foi expulso, ainda na primeira parte.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo