DESTAQUEFutebol

Rio Ave massacra mas vai ter que disputar o Play-Off

Os vilacondenses foram à Choupana vencer o já despromovido Nacional por duas bolas a uma, mas Boavista e Portimonense não perderam, significando assim que terminam o campeonato em 16º.

Um jogo que não começou da melhor maneira, tendo em conta que Dudu, extremo brasileiro do Nacional, trocou as voltas a Pedro Amaral e fuzilou Kieszek de pé esquerdo para o primeiro da partida.

O golo sofrido acordou o Rio Ave, que rapidamente criou bastante perigo, e ao intervalo os visitantes já contavam com 15 remates e uma bola no ferro adversário. A toada manteve-se no começo da segunda parte e Aderllan Santos correspondeu da melhor forma a um cruzamento de Guga, fazendo o mais que merecido empate.

O massacre continuou, mas o golo da vitória apenas chegaria ao minuto 90+4′, altura em que Carlos Mané, também de cabeça, encostou sozinho ao segundo poste na sequência de uma saída mal calculada por António Filipe.

Ficam então fechadas as contas. O Nacional terminou em último lugar com 25 pontos, já o Rio Ave continuou no 16º posto, marcando presença no play-off contra o 3º classificado da Liga 2 SABSEG, que vai ser definido no próximo sábado.

João Pedro Pereira

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo