DESTAQUEFutebol

Processo contra Vale e Azevedo prescreveu

O Tribunal Judicial de Lisboa declarou a prescrição de um dos processos pendentes contra João Vale e Azevedo, antigo presidente do Benfica, entre 1997 e 2000.

Os juízes justificam a decisão por já terem passado mais de 20 anos da prática dos alegados crimes.

Estavam em causa crimes de peculato e falsificação de documento, relacionados com o desvio de cerca de 1,2 milhões de euros dos cofres do Benfica.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo