DESTAQUEFutebol

Pedro Ribeiro confirmou agressão mas desconhece o autor

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol tornou esta quarta-feira pública a deliberação do processo de inquérito – entretanto arquivado – ao caso do túnel do Jamor, no intervalo do Belenenses-FC Porto, em que Pedro Ribeiro, à data técnico dos azuis, se queixou de ter sido agredido.

Ora, segundo o documento, Pedro Ribeiro confirmou a agressão, mas não foi capaz de identificar o autor da mesma. O treinador de 34 anos revelou também que discutiu com Sérgio Conceição, mas na altura em que foi atingido com um soco havia várias pessoas na zona.

“Perguntado [Pedro Ribeiro] sobre a identidade de quem desferiu tal soco, disse não ser capaz de identificar, tendo em conta o alvoroço e grande número de pessoas que o rodeava naquele momento”, pode ler-se.

Esclarece ainda a Comissão de Instrutores que há indícios fortes de que Pedro Ribeiro «sofreu uma ofensa à sua integridade física», mas que não é possível descobrir a identidade do agressor.

Hélder Batista e Celso Simão, treinador adjunto e funcionário do Belenenses, respetivamente, disseram não ter presenciado qualquer contacto físico entre Pedro Ribeiro e Conceição, embora Simão tenha visto o técnico da casa a ser agredido.

Recorde-se que Sérgio Conceição já tinha afirmado, em entrevista ao canal 11, que não tinha agredido Pedro Ribeiro.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo