FutebolTOPO

PAOK: Abel Ferreira conta com uma dívida chamada: Vieirinha

Vieirinha é ainda uma incógnita no plantel do PAOK de Abel Ferreira, o adversário do Benfica na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, uma vez que o antigo capitão da equipa de Salónica terminou contrato no final da última temporada e ainda não chegou a acordo para prolongar o vínculo por mais uma época.

O antigo internacional português, de 34 anos, que ainda em maio foi eleito para o melhor onze da década do PAOK, está de férias em Calcídica, no norte da Grécia, e, há poucos dias, deixou uma mensagem enigmática na sua conta de Instagram. «Às vezes é melhor ficar calmo, calar e sorrir», escreveu, fechando o comentário com um coração negro, as cores do PAOK.

Segundo a imprensa grega, as negociações para a renovação do contrato com o antigo capitão estavam marcadas para depois da eliminatória com o Besiktas, mas para já não há qualquer sinal de acordo entre as duas partes.

A equipa de Abel Ferreira venceu a equipa turca por 3-1, com três golos na primeira meia-hora, no jogo que lhe permitiu chegar ao sorteio desta segunda-feira. Nesse jogo Christos Tzolis bisou com golos aos 7 e 24 minutos, enquanto Dimitros Pelkas marcou aos 30.

Ainda sem grandes reforços para a nova temporada, Abel Ferreira apostou no seguinte onze para o jogo com o Besiktas: Akpom; Ingason, Michailidis, El Kaddouri, Rodrigo Soares (Limnios), Schwab, Tzolis (Léo Jabá), Fernando Varela, Giannoulis, Zivkovic e Pelkas (Anderson Esiti).

Além de Vieirinha, o PAOK também ainda não resolveu a situação de Josip Misic que estava cedido pelo Sporting e que, na época passada, somou 32 jogos e marcou seis golos. O clube grego não quis exercer o direito de opção de compra, neste contexto de pandemia, mas também ainda não chegou a acordo com o clube de Alvalade quanto a um eventual prolongamento do empréstimo.

Nesse sentido, o clube grego fez contratações cirúrgicas para o meio-campo, com as chegadas do austríaco Stefan Schwab, contratado ao Rapid Viejna a custo zero, além do georgiano Nikoloz Nunua, contratado ao Dínamo Tbilisi por 850 mil euros.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo