FutebolMAIS NOTÍCIAS

Ozil ataca Joachim Low após humilhação diante da Espanha

O selecionador da Alemanha, Joachim Löw, tem vivido as últimas horas debaixo de um coro de críticas, depois da goleada, por 6-0, diante de Espanha.

A derrota de terça-feira foi a mais avultada da formação germânica em jogos oficiais, mas o diretor desportivo da Maannschaft, Oliver Bierhoff já garantiu que o cargo do técnico não está em risco.

Mesut Özil, que abandonou a seleção alemã em 2018, juntou-se às vozes críticas de Low e lançou uma bicada ao técnico alemão. «Tempo para trazer de volta o Jerôme Boateng», escreveu o médio do Arsenal nas redes sociais, numa alusão às evidentes falhas defensivas da turma alemã.

O defesa do Bayern Munique, tal como Mats Hummels e também Thomas Müller, deixou de ser convocado por Löw desde o Mundial de 2018, e os atletas chegaram mesmo a demonstrar publicamente o desagrado pela decisão controversa.

O afastamento dos três jogadores, campeões mundiais em 2014, foi justificado pelo técnico germânico pela mudança de ciclo que queria operar na seleção.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo