FutebolMAIS NOTÍCIAS

La Liga: Espanhol em crise interna

O estádio e o centro de treinos do Espanhol foram vandalizados, horas depois do clube catalão despedir o técnico Abelardo.

Em comunicado, o último classificado da Liga espanhola justifica a saída do treinador de 50 anos com o “rendimento desportivo da equipa e pela vontade de evitar a descida”.

Abelardo, lembre-se, deixa o Espanhol na véspera da receção ao Real Madrid e seis meses após ter chegado: disputou 17 partidas e venceu apenas cinco. O diretor desportivo, Rufete, vai assumir o comando técnico da equipa até ao final da temporada.

De resto, a equipa de RDT e Ferreyra vive um período bastante delicado quando faltam sete jornadas para o final do campeonato. Após duas derrotas seguidas, os adeptos mostraram a sua insatisfação e deixaram um recado para o plantel nas paredes do Cornellà-El Prat e do centro de treinos Dani Jarque.

“Vão correr o que não correram no relvado”, “Jogadores mercenários” e “Joguem com a nossa paixão” são algumas das frases que se podem ler nas paredes.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo