Covid'19FutebolMAIS NOTÍCIAS

Jogadores do Zenit com corte nos salários

O mundo do futebol continua totalmente em suspenso devido à propagação da Covid-19 e, na Rússia, o plantel do Zenit aceitou baixar 50% do salário nos meses de abril e maio.

O objetivo é claro: ajudar o clube a ultrapassar esta fase complicada em não há competição e em que as receitas são praticamente nulas, tal como confirmou o diretor-geral do Zenit, Alexandr Medvédev, em declarações à imprensa russa.

De referir que o Zenit não é o primeiro clube da Rússia a baixar os salários. Os jogadores do Spartak de Moscovo reduziram 40% dos ordenados até que se retomem os treinos.

O campeonato russo está suspenso até 31 de maio. Até ao momento, com oito jornadas pela frente, o Zenit lidera com 50 pontos, mais nove que o Lokomotiv e Krasnodar.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo