DESTAQUEFutebol

Hulk desabafa na flash interview e leva resposta do treinador

O ex-FC Porto Hulk, queixou-se da sua utilização no Atlético Mineiro após a vitória do Galo sobre o Athletic a contar para o Estadual de Minas Gerais.

Depois de cumprir os 90′, o internacional brasileiro fez declarações polémicas na flash interview: “Eu queria muito estar a jogar ao meu melhor nível. Acho que não passa só por estar bem fisicamente. É preciso confiança e confiança requer minutos jogados, requer jogos seguidos. Infelizmente, não estou a ter isso”.

“Queria poder falar de outras coisas aqui, mas temos que ser verdadeiros. Preciso de jogos, preciso de ritmo, preciso de confiança para poder apresentar o meu melhor futebol. Desde que o professor Cuca chegou, acho que não tive uma sequência de três, quatro jogos seguidos. É muito difícil”, acrescentou ainda.

Quem não ficou agradado com a situação foi, naturalmente, o treinador do Atlético, Cuca, que desde logo respondeu às afirmações do avançado: “Prometi-lhe ontem que iria jogar os 90 minutos, independentemente de estar a jogar bem ou mal, para ter essa segurança, para não ficar preocupado em ser substituído. Passei-lhe essa tranquilidade”.

O experiente técnico continuou dizendo: “A sequência de minutos é recíproca. Dás minutos quando o jogador que te dá resposta. Não é que ele não esteja a dar resposta. Mas a jogar ali tenho o Savarino, o Sasha, o Vargas…”.

“O Hulk jogou em praticamente todas as partidas comigo. Se não foi titular, entrou. No fim dos jogos, vejo os vídeos e faço a análise do que os jogadores fizeram, comparo com os outros, e é daí que surgem as minhas escolhas. Eu tento cuidar de todos por igual. Não cuido de um em detrimento ao outro. Cuido de todos iguais e com o Hulk também é assim”, concluiu.

Hugo Miguel Taveira

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo