FC PortoDESTAQUETaça da Liga

Conceição: “Mundial? Vi com mais atenção o Vizela – Chaves”

Sérgio Conceição falou aos jornalista em conferência de imprensa de antevisão à partida de amanhã do FC Porto com o Mafra, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

Numa primeira abordagem à importância da competição, o treinador dos dragões quis dar uma palavra à organização da Liga Portugal: “Dar os parabéns à Liga por meter uma disputa de um troféu numa altura complicada… é preciso coragem”.

O técnico deixa bem claras as intenções dos azuis e brancos, garantindo foco máximo: “Queremos muito chegar à final e aí é preciso sermos mais competentes do que fomos no passado”, relembrando as finais perdidas para Sporting e Sporting de Braga.

Quanto à preparação específica para o jogo com o Mafra, Conceição alerta para os perigos da equipa da II Liga: “Temos muito respeito pelo adversário. Não fizemos nada de diferente na preparação e na abordagem… Não esperamos um Mafra muito diferente do habitual mas só posso controlar a minha equipa em todos os momentos do jogo”.

Segundo o técnico, Evanilson não recupera para o jogo de amanhã depois da lesão contraída na última partida, embora haja esperança na presença do brasileiro na jornada seguinte frente ao Chaves. Quanto a Zaidu e Gabriel Veron, continuam indisponíveis.

Perguntado sobre se tem acompanhado o Mundial 2022, o treinador dos portistas deu uma resposta curiosa, admitindo que viu “com mais atenção o Vizela – Chaves”.

Já em relação à prestação dos jogadores portistas no Campeonato do Mundo, disse ter gostado das exibições de Taremi e Eustáquio: “Taremi esteve muito tranquilo no penalti… no outro golo mostrou inteligência numa ação rápida. Fico contente por ver jogadores do FC Porto a exibir-se a esse nível”.

O treinador dos campeões nacionais mostrou-se ainda agradado pelo tempo de compensação alargado que tem sido dado no Mundial: “O tempo de compensação é justo. As equipas de arbitragem têm tanta gente que não é proativa no jogo e que pode controlar isso…”.

Questionado sobre se teme a saída de algum jogador portista no mercado de transferências devido às valias demonstradas no Qatar, o comandante portista não tem dúvidas: “O FC Porto também é um tubarão. Tem história”.

Sérgio Conceição aproveitou ainda para desejar sorte à Seleção Nacional, assim como aos treinadores portugueses presentes no Mundial e aos jogadores que atuam na Liga Portuguesa.

 

 

 

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo