DESTAQUEFutebol

Final da Taça de Portugal: Jesus quer Taça e fechar com “chave de ouro” enquanto Carvalhal quer vencer e colocar a “cereja no topo do bolo”

O Benfica e o Sporting de Braga defrontam-se, este domingo, em Coimbra, à procura de evitar uma época 2020/21 completamente em “branco”, numa inédita final da 81.ª edição da Taça de Portugal em futebol.

No regresso à Luz, Jorge Jesus prometeu jogar o “triplo” e “arrasar”, mas, em vésperas do último jogo da temporada, não conseguiu qualquer troféu e, no campeonato, selou mesmo o pior registo do clube desde 2008/09, com o terceiro lugar.

Por seu lado, o Sporting de Braga também nada conquistou e só ameaçou intrometer-se entre os “grandes” e foi apenas quarto, numa época em que o terceiro dava acesso às eliminatórias da “Champions”.

Os encarnados e os arsenalistas nada ganharam e já chegam com uma final perdida, os lisboetas face ao FC Porto (0-2 em Aveiro), na Supertaça Cândido de Oliveira, e os minhotos frente ao Sporting (0-1 em Leiria), na Taça da Liga.

Os encarnados com um historial de títulos nesta competição bastante superior, com 26-2 em títulos e 38-7 em presenças em finais, a “obrigação” de ganhar está toda do lado das águias.

O ‘momento’ também está, claramente, do lado dos ‘encarnados’, que fecharam a época em bom plano, com um 4-3 que acabou com a invencibilidade do campeão Sporting e um 3-1 em Guimarães, numa boa segunda volta, com 42 pontos, mais do que qualquer equipa.

Pelo contrário, o Sporting de Braga realizou um final de campeonato aquém do esperado, com apenas três vitórias – 2-1 em Faro, ao Boavista e ao Moreirense – nos últimos 12 jogos, trajeto a condizer com exibições pouco conseguidas.

Na antevisão a esta grande final, Jorge Jesus considera que numa final não existem favoritos, estando focado em vencer a Taça e fechar época com chave de ouro.

Já o treinador do Sporting Clube de Braga quer terminar a época com a cereja no topo do bolo e espera um duelo entre duas boas equipas.

O Benfica e o Sporting de Braga defrontam-se pelas 20h30 de domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, numa inédita final da 81.ª edição da Taça de Portugal em futebol, que será disputada á porta fechada, devido à pandemia da covid-19.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo