FutebolMAIS NOTÍCIAS

FIFA permite a clubes vetar viagens de jogadores para países de risco

A FIFA decidiu que os clubes podem impedir os seus futebolistas de participarem em jogos internacionais até ao final do ano, mediante a situação da covid-19 nos países para os quais deveriam viajar.

O organismo considera que os clubes não têm a obrigação de libertar os jogadores cujo destino sejam países em que é necessária uma quarentena ou isolamento de cinco dias após a chegada.

Uma medida que também se aplica se existirem restrições a viagens no país de origem ou caso as autoridades locais não garantam uma isenção específica.

O anúncio da FIFA segue a mesma linha das orientações definidas em agosto nas cedências de jogadores às seleções europeias.

A decisão do organismo máximo do futebol mundial acontece uma semana antes do início da qualificação sul-americana (CONMEBOL) para o Mundial2022.

A CONMEBOL, porém, já revelou que as autoridades locais isentam todos os jogadores provenientes da Europa, continente em que a maioria joga, de terem de cumprir quarentena.

A América do Sul é uma das regiões mais atingidas pela pandemia da covid-19. O Brasil contabiliza mais de 140.000 mortos, e é o segundo mais afetado a nível mundial, atrás dos EUA, com mais de 200.000.

Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Equador são outros dos países sul-americanos fortemente afetados.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo