FutebolTOPO

Feirense queixa-se da arbitragem de Vítor Ferreira

A arbitragem de Vítor Ferreira no Feirense-Nacional causou insatisfação aos responsáveis do clube da casa. A SAD do Feirense, através do administrador Franklim Freitas, contesta aquilo que classifica de “dualidade de critérios na amostragem de cartões amarelos”.

Vítor Ferreira mostrou seis amarelos e um duplo amarelo a jogadores do Feirense. Christian foi o jogador expulso, com cartões aos 12 e aos 53 minutos. Júlio César, do Nacional, também foi expulso, por duplo amarelo (81′ e 89′), sendo que a equipa madeirense teve mais três jogadores amarelados.

Franklim Freitas queixa-se, ainda, de “dualidade de critérios a punir simulações (…) e a dualidade prosseguiu quando os jogadores do Nacional estavam no chão a queixarem-se de problemas físicos”, sendo que o dirigente do Feirense assinala que o árbitro parou o jogo quando um jogador do adversário estava no chão e não fez o mesmo quando situação semelhante aconteceu com um atleta do Feirense.

Considerando que “o futebol português em nada beneficia com arbitragens destas”, os fogaceiros dizem-se prejudicados e alertam que “não é assim que se atraem melhores jogadores, mais adeptos e mais patrocínios para o nosso futebol”.

O Feirense empatou em casa com o Nacional (1-1). A equipa de Filipe Martins está no 11.º lugar da II Liga, com 10 pontos, em oito jogos. O Nacional, com dez jogos realizados, ocupa o terceiro lugar, com 19 pontos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo