FutebolMAIS NOTÍCIAS

Espanyol ainda pode abdicar de 2,5 milhões por Raul de Tomas

O Espanyol é último classificado na Liga espanhola e em cinco semanas vai ter de dar tudo por tudo para fugir à despromoção. Para tal está a contar com o potencial de Raul de Tomas, o avançado madrileno que comprou ao Benfica por 20 milhões em janeiro, mas pelo qual pode ainda ter de desembolsar mais 2,5 milhões.

A equipa está muito dependente do rendimento do avançado, que vê a carreira chegar a um ponto em que tudo se pode decidir nestes últimos jogos. Se o Espanyol descer, quererá manter-se no clube?

Desde que chegou à Catalunha De Tomas revelou uma veia goleadora que nunca chegou a mostrar em toda a sua plenitude na Luz. E pode ser a salvação do Espanyol esta temporada.

Mas se por um lado pode ser a salvação, por outro pode agudizar os problemas financeiros. É que o avançado é a contratação mais cara da história do Espanyol – custou 20 milhões de euros, mais 2,5 milhões em variáveis, que estão dependentes do seu rendimento: um milhão se o clube conseguir a permanência, outro milhão se fizer 10 jogos e 500 mil euros se marcar cinco golos. Já esteve em seis jogos na LaLiga e em um na taça; marcou quatro golos no campeonato e um taça. O Benfica já garantiu estes 500 mil e está atento ao que se passará até ao final da época.

O diretor geral do clube, Josep Maria Duran, disse que os salários dos jogadores contratados no inverno já contemplam a possibilidade da descida, mas a questão é saber se De Tomas quererá, aos 25 anos, jogar num escalão inferior, mesmo tendo contrato em vigor.

O Benfica tem direito a 20 por cento da transferência.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo