FutebolMAIS NOTÍCIAS

Eslováquia não jogará à porta fechada

A UEFA retificou a decisão de castigar a seleção da Eslováquia com a realização de um jogo como visitado à porta fechada, devido a comportamento racista, após recurso da Federação daquele país.

Assim, os eslovacos poderão ter público no estádio, na receção ao País de Gales, a 10 de outubro, a contar para a fase de qualificação para o Euro 2020.

O anúncio foi feito, esta quinta-feira, pela Associação de Futebol do País de Gales (FAW). Segundo o referido organismo, o recurso da Federação eslovaca foi bem-sucedido e convenceu a UEFA a levantar a pena.

O castigo era referente ao jogo entre Hungria e Eslováquia, em Budapeste, que terminou com vitória dos visitantes, por 1-2.

Na altura, a UEFA instaurou processos disciplinares a ambas as federações, por comportamento racista (cânticos no caso dos húngaros, cânticos e uma tarja no caso dos eslovacos), entre outros delitos, e, a 23 de setembro, castigou-as com um jogo à porta fechada, cada.

Os húngaros foram, ainda, condenados a pagar uma multa de 67.125 euros. Os eslovacos foram multados em 20 mil euros. Não é conhecido se a Federação eslovaca foi perdoada, também, do pagamento da multa.

A FAW regozijou com a decisão, uma vez que “os adeptos galeses terão agora a oportunidade de ver o jogo”.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo