FutebolMAIS NOTÍCIAS

Dybala pede perdão por desrespeitar regras do confinamento em Itália

O futebolista argentino Paulo Dybala, colega de Cristiano Ronaldo na Juventus, pediu esta quinta-feira desculpa por ter participado numa festa noturna que quebrou as regras de confinamento que visam travar a pandemia de covid-19 em Itália.

“Sei que num momento tão difícil no mundo por causa da covid-19 o melhor é não nos enganarmos, mas enganei-me ao ir jantar fora. Não era uma festa, mas equivoquei-me igualmente e peço perdão”, lançou o internacional alviceleste na rede social Instagram.

O brasileiro Arthur Melo e o norte-americano Weston McKennie, também da Juventus, também estiveram presentes, com a comunicação social italiana a noticiar que a festa foi organizada na casa de McKennie, a norte de Turim, contando com entre dez e vinte convidados, entre os quais, familiares dos jogadores.

Segundo os media locais, a polícia italiana, possivelmente alertada por vizinhos, deslocou-se ao local e multou as pessoas presentes.

O jantar decorreu quando faltam menos de três dias para o dérbi contra o Torino, a contar para a Serie A, com a Juventus, terceira classificada na Liga italiana de futebol, a precisar dos três pontos para poder continuar a sonhar com o título.

Para já, é o Inter de Milão que está na liderança com 65 pontos (em 27 jornadas), mais seis do que o AC Milan e mais dez do que a ‘vecchia signora’.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.816.908 mortos no mundo, resultantes de mais de 128,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo