FutebolMAIS NOTÍCIAS

Bernardo Silva acusado de “conduta imprópria”

Bernardo Silva foi oficialmente acusado, pela Federação Inglesa de Futebol (FA), de “conduta imprópria”, devido a um “tweet” em que comparava uma fotografia do companheiro no Manchester City Benjamin Mendy ao “Conguito”, mascote de uma marca de chocolates.

A FA alega que o internacional português incorreu em “violação agravada” da Regra E3, uma vez que o “post” em causa foi “insultuoso e/ou impróprio e/ou trouxe descrédito ao desporto” e incluía “referência, expressa ou implícita, a raça e/ou cor e/ou origem étnica”.

Bernardo tem até 9 de outubro para recorrer da acusação formal.

O caso segue, agora, para uma comissão de regulação independente, composta por três pessoas, que vai decidir a possível sanção.

A imprensa inglesa salienta que, ao contrário de casos em que a ofensa acontece dentro de campo, Bernardo não incorre na habitual suspensão.

Além disso, o médio português terá enviado uma carta à FA em que expressa remorsos, à qual estaria anexada uma mensagem do próprio Mendy a garantir que não tinha ficado ofendido com o “tweet”, o que pode aligeirar a pena. O próprio treinador do City, Pep Guardiola, já defendeu o caráter de Bernardo.

O jornalista James Ducker, do “The Telegraph”, explica que, caso seja declarado culpado, Bernardo Silva deverá ser suspenso e inscrito num curso de formação.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo