DESTAQUEFutebol

Benfica acusa quebra mas está no lote de clubes com mais receitas em 2019/20

O SL Benfica conseguiu receitas de 170,3 milhões de euros em 2019/20, valor que coloca o clube português no 23.º lugar mundial, de acordo com um estudo divulgado nesta terça-feira pela Deloitte.

De acordo com o relatório anual «Deloitte Football Money League, os encarnados são o segundo clube com mais receitas fora das cinco principais ligas europeias (Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha a França), apenas atrás dos russos do Zenit (15.º), um dos poucos clubes que conseguiu crescer.

O novo estudo já contempla os impactos da pandemia da covid-19 na indústria do futebol, sendo que no caso do Benfica registou-se uma quebra de 27,4 milhões de euros em receitas face a 2018/19: ainda assim, sobe um lugar no ranking.

O Barcelona foi o clube que obteve maiores receitas (€715,1M), seguido de muito perto pelo Real Madrid, que faturou menos 200 mil euros do que o rival espanhol. O campeão europeu Bayern Munique completa o pódio com €634M e a Juventus de Cristiano Ronaldo surge apenas no décimo posto com 397,9 milhões de euros.

Os 20 clubes com as maiores receitas geraram um total de 8,2 mil milhões de euros, menos 1,1 mil milhões do que na época anterior, o que se traduz numa contração de 12 por cento explicada maioritariamente pela quebra de 937 milhões de euros nos pagamentos relacionados com os direitos televisivos numa época na qual houve interrupções de vários meses nos campeonatos, mas também pelas receitas de dia de jogo (menos 257 milhões)

O Barcelona, por exemplo, faturou menos 125 milhões de euros do que no período homólogo anterior.

“Estimamos que os clubes da ‘Money League’ acabem a perder mais de dois mil milhões de euros em receitas até ao final da temporada 2020/21, incluindo montantes relativos ainda a 2018/19”, pode ler-se no estudo, que atribui estas perdas à covid-19, que limitou o regresso aos estádios, alterou dinâmicas de negociação dos direitos de transmissão televisiva e afetou a tendência de crescimento dos clubes.

O FC Porto, 29.º em 2018/19 com uma receita de 176,2 milhões de euros, caiu para fora de um top-30 que é fechado pelo Milan, que apresentou receitas de 148,5 milhões de euros.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo