DESTAQUECiclismo

Volta a Itália de 2022 tem quatro chegadas em alta montanha

A Volta a Itália 2022 acontece entre 6 e 29 de maio, contempla quatro chegadas em alta montanha, de um total de seis etapas com aquelas características, anunciou esta terça-feira a organização da prova.

As seis tiradas anunciadas, depois de nos dias anteriores terem sido divulgadas etapas em linha ou de média montanha do Giro de 2022, integram, entre outras, as subidas ao Etna e ao Mortirolo, e deverão assumir uma importância decisiva na classificação final.

O ciclista colombiano Egan Bernal (INEOS), vencedor da prova em 2021, numa edição em que o português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) foi sexto classificado, observou que “com estas seis etapas de alta montanha, torna-se evidente que o Giro de 2022 será muito duro”.

A 105.ª edição da Volta a Itália em bicicleta terá três etapas em solo húngaro, duas em linha e um contrarrelógio, antes de chegar às estradas italianas em 10 de maio, depois de um dia de descanso.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo