DESTAQUEFutebol

Sporting Clube de Braga e no Vitória Sport Clube alvo de buscas

Estão em curso novas buscas das autoridades judiciárias, desta vez no Estádio do Sporting Clube de Braga e também no Vitória de Guimarães. Os escritórios do advogado e empresário Bruno Macedo também são alvo de buscas, assim como Jorge Medes e a Gestifute, num total de “cerca de duas dezenas de buscas domiciliárias e não domiciliárias”.

Segundo o comunicado do DCIAP, as buscas da Autoridade Tributária e do Ministério Público lideradas pelo juiz Carlos Alexandre são no âmbito da operação Fora de Jogo que já tinha feito buscas em março do ano passado a várias SAD .

Estão a ser realizadas “duas dezenas de buscas domiciliárias e não domiciliárias” ” em instalações de Sociedades Anónimas Desportivas, em empresas e em escritório de advogados”.

Em causa estão suspeitas de crimes de fraude fiscal, fraude à segurança social e branqueamento de capitais, no valor de 15 milhões de euros.

“Em causa estão suspeitas de negócios simulados, celebrados entre clubes de futebol e terceiros, que tiveram em vista a ocultação de rendimentos do trabalho dependente, sujeitos a declaração e a retenção na fonte, em sede de IRS, envolvendo jogadores de futebol profissional. Os valores envolvidos rondarão os 15 milhões de euros”.

Nas buscas participam um magistrado judicial, cinco magistrados do Ministério Público, quatro dezenas de efetivos da Autoridade Tributária e cerca de meia centena de militares da Unidade de Ação Fiscal da GNR.
A operação de hoje surge dois dias depois das buscas no FC Porto.

O denominador comum é Bruno Macedo, advogado e empresário do futebol, alvo na Operação Cartão Vermelho que levou à detenção do presidente do Benfica Luís Filipe Vieira.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo