DESTAQUETénis

Roger Federer considera difícil participar no torneio de Wimbledon

Roger Federer revelou que será “pouco provável” discutir Wimbledon, torneio que se realiza entre 27 de junho e 10 de julho, uma vez que continua a recuperar de lesão no joelho.

O helvético, que jogou pela última vez na relva londrina antes de se lesionar, não espera voltar à competição antes do próximo verão.

«Ficaria extremamente supreendido se pudesse jogar Wimbledon. Voltarei a correr normalmente em janeiro e a treinar no court em março ou abril. Prevejo voltar a competir no verão de 2022», referiu, ao «Le Matin».

O campeoníssimo suíço frisou a ambição de terminar a carreira a jogar. «A minha ambição é ver o que sou capaz de fazer uma última vez. Desejo dizer adeus à minha maneira e em court. É por isso que dou o que tenho para recuperar», concluiu.

Federer vai assim falhar três dos quatro Grand Slams da temporada, podendo ainda disputar o US Open. Se o seu corpo permitir, claro.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo