DESTAQUEFutebol

Progresso do Sambizanga com oito elementos frente a Desportivo da Hulia e ficou sem dois atletas devido a lesão no Girabola

O jogo entre o Desportivo da Huila e o Progresso do Sambizanga, da primeira jornada do Girabola, foi interrompido, no domingo, depois de a formação de Luanda ter ficado reduzida a seis jogadores quando estavam cumpridos apenas 13 minutos.

O Progresso do Sambizanga apresentou-se no terreno da formação de Lubango apenas com oito jogadores, por falta de licença desportiva de outros seis, tendo ficado sem o mínimo regulamentar para prosseguir em campo com a lesão de Pepe, aos oito minutos, e de Meda, aos 12.

Após o sucedido, o treinador da formação de Lubango, Mário Soares, treinador do Desportivo da Huila, disse «tratar-se de um ato vergonhoso», tendo pedido desculpa aos adeptos, enquanto o Progresso do Sambizanga escusou-se a comentar o ocorrido.

O desfecho do encontro vai ser decidido pelo Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo