DESTAQUEFutebol

Proença queria o empresário Bruno Macedo no negócio da centralização dos direitos televisivos

O presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, pretendia envolver o empresário Bruno Macedo, próximo de Luís Filipe Vieira e arguido na operação Cartão Vermelho, no negócio milionário da centralização dos direitos televisivos.

«Dias depois de o Conselho de Ministros ter aprovado o decreto-lei que determinava a mesma centralização, que deveria ser implementada até à época desportiva 2028/2029, Pedro Proença, presidente da Liga, telefona a Bruno Macedo para lhe explicar ‘em que ponto estão’ e para ‘atirar umas bolas à parede sobre o assunto’.

Macedo aceita marcar um encontro para breve e dá conta de que já discutiu o tema com Vieira, António Salvador e Rui Pedro Soares», pode ler-se.

Pedro Proença disse ainda que acreditava que o referido empresário podia ser «uma solução».

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo