DESTAQUEFutebol

Portimonense chega 20 anos depois aos quartos de final da Taça de Portugal

O Portimonense apurou-se, esta terça-feira, para os quartos de final da Taça de Portugal, após o desempate através de grandes penalidades, após empate a uma bola com o Famalicão, após 120 minutos.

Os algarvios marcaram primeiro, mesmo ao cair do pano da primeira parte, por intermédio de Aylton Boa Morte que, após fintar Batubinsika, dentro da área, rematou cruzado para abrir o marcador, mas, aos 51 minutos, estragou a pintura, ao ser expulso (duplo amarelo), obrigando o Portimonense a esforço hercúleo até ao apito final.

O Famalicão fez o seu papel e, em vantagem numérica, carregou no ataque, criou várias oportunidades e golo e, tantas vezes o cântaro vai à fonte, que, aos 82 minutos, de cabeça, Bruno Rodrigues, na sequência de um canto na direita cobrado por Ivo Rodrigues, restabeleceu a igualdade.

No prolongamento o resultado não se alterou. Na conversão das penalidades o guarda-redes iraniano Payam foi figura maior ao defender os remates de Banza e Pickel.

No final do encontro o treinador do Portimonense Paulo Sérgio Estava satisfeito com a passagem mas lamentou o pouco tempo de preparação da equipa.

Já Rui Pedro Silva treinador do Famalicão elevou a atitude da equipa apesar da eliminação.

O Portimonense juntou-se assim ao Tondela nos quartos de final da Taça de Portugal.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo