DESTAQUEFutebol

Pevidém denuncia racismo e agressão no embate com o SC Braga B na Liga 3

O Pevidém denunciou atos racistas e uma agressão à margem do encontro ante a equipa B do Sporting de Braga, em Fão, que terminou empatada a uma bola, no jogo que abriu a jornada 19 da série A da Liga 3.

Em comunicado, a direção do clube do concelho de Guimarães fala em «atos racistas» que aconteceram «por parte de alguns adeptos do SC Braga no final do jogo», apontando ainda à «falta de segurança junto do túnel de acesso aos balneários». «Com o toldo parcialmente aberto, permitiram que todos os elementos do nosso clube fossem brindados com insultos e cuspidelas. Para cúmulo, o nosso treinador foi violentamente atingido por objetos vindos da bancada», refere o Pevidém, acrescentando um episódio de agressão mais tarde.

«Cerca de uma hora após o término da partida, o nosso diretor geral foi agredido por um elemento do staff do clube visitado ainda dentro das instalações do complexo desportivo de Fão», aponta o clube, esperando que o S. Braga, «como grande instituição que é», que «irá rever os seus planos de segurança e agirá em conformidade com os autores dos atos».

Quanto ao jogo, os vimaranenses inauguraram o marcador aos 53 minutos, por Jorginho, mas a vitória escapou já em tempo de compensação, com o golo de David Veiga a ditar o 1-1 final, aos 90+3’.

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo