DESTAQUEFutebol

O “Jogo da Vergonha” termina aos 45 minutos com triunfo do Benfica

O Belenenses SAD – Benfica terminou logo após o início da segunda parte, para a qual a equipa azul surgiu apenas com sete jogadores.

Assim foi dado o apito do árbitro, João Monteiro, na verdade guarda-redes a fazer de jogador de campo desde o primeiro minuto, lesionou-se e deixou de haver número mínimo previsto pelos regulamentos (6) para o jogo prosseguir.

Assim, num jogo marcado por o Belenenses SAD apresentar-se inicialmente com apenas nove jogadores, devido a surto de Covid-19, o Benfica venceu por 7-0, golos de Darwin (3), Seferovic (2), Weigl e autogolo de Kau, este logo no primeiro minuto.

No final do encontro o Preisdente do SL Benfica Rui Costa assumiu que este jogo foi uma página negra no futebol português.

 

Rui Costa afirmou que não recebeu qualquer pedido formal de adiamento do jogo quer da Liga Portugal, DGS.

 

Rui Costa rejeitou ainda que o Benfica tenha qualquer responsabilidade do sucedido.

Já o Presidente do Belenenses SAD Rui Pedro Soares considerou que o facto de jogo se ter realizado é uma vergonha para todos, menos para os nove atletas de foram para dentro do campo com toda a dignidade.

 

Rui Pedro Soares assumiu que a sua equipa foi a jogo por via de ser penalizada com falta de comparência

 

O líder do Belenenses SAD considerou ainda que nenhum calendário ou regulamento justifica a vergonha que se registou no Jamor.

O Benfica somou mais três pontos, chegando à liderança provisória, com 31 pontos. o Belenenses SAD permanece no 16º lugar, com oito pontos.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo