DESTAQUETénis

Novak Djokovic volta a Melbourne em 2023

Novak Djokovic pretende disputar o Open da Austrália em 2023, assegurou o diretor do major australiano, considerando que o processo que culminou na deportação do tenista sérvio do país resultou apenas de «má comunicação».

«É essa a sua intenção. Afinal, ele é o número um mundial e adora o Open da Austrália», respondeu Craig Tiley, ao ser questionado pelo canal público australiano ABC sobre se Djokovic pretendia regressar a Melbourne Park no próximo ano.

Para o também presidente da Federação australiana de ténis (TA), a deportação do líder do ranking ATP do país resultou da «constante alteração de condições» e da «má comunicação» com o governo federal de Victoria.
«Mesmo durante a semana passada [já depois da expulsão de Djokovic], as coisas mudaram no que diz respeito às medidas de combate à pandemia [de covid-19]», notou.

Craig Tiley detalhou que a federação australiana, que concedeu uma isenção médica ao sérvio para entrar no país sem estar vacinado contra a covid-19, trabalhou em conjunto com as autoridades nacionais neste processo, mas que, devido à «natureza evolutiva» da variante Ómicron, «houve muitas contradições e complexidade nas informações recebidas».

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo