DESTAQUEMotociclismoMotoGP

Miguel Oliveira e uma temporada abaixo do esperado

Miguel Oliveira realizou as duas primeiras temporadas de estreia no Moto GP com a Tech3, a equipa satélite da KTM que apostou no piloto português e que era uma autêntica família para o jovem natural de Almada. Depois de um 17.º lugar em 2019 e um impressionante 9.º em 2020, Oliveira mereceu a aposta da casa-mãe e subiu à KTM em 2021, tendo como principal objetivo repetir o top 10 na classificação final e ir atrás de algumas vitórias. Ainda assim, nem tudo correu como equipa e piloto haviam programado.

Miguel Oliveira fez uma avaliação de toda a temporada.

 

Depois de uma época algo dececionante Oliveira está focado já nos próximos tempos da época.

 

O GP de Valência ficou marcado ainda pela despedida de Valentino Rossi das grandes corridas. Para Miguel Oliveira, Rossi será sempre o seu piloto favorito.

Palavras de Miguel Oliveira na avaliação à época que terminou do MotoGP, abordando ainda o abandono de Rossi.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo