DESTAQUECrimeFutebol

Mason Greenwood preso por suspeita de agressão sexual e ameaças de morte

Mason Greenwood, futebolista do Manchester United, foi preso por suspeita de agressão sexual e ameaças de morte.

O jovem internacional inglês havia sido detido na tarde de domingo, «por suspeitas de violação e agressão». Tem estado sob custódia da polícia e continuará a ser interrogado até esta quarta-feira, 2 de fevereiro.

«Os detetives receberam mais tempo adicional para falar com um homem de 20 anos que foi preso por suspeita de violação e agressão a uma mulher. O suspeito foi detido sob custódio na tarde de domingo, depois de termos tido conhecimento de imagens e vídeos publicados nas redes sociais por uma mulher a relatar incidentes de violência doméstica. Ele continuará a ser interrogado, uma vez que os magistrados autorizaram uma prorrogação do prazo. Após as investigações feitas até agora, ele foi preso por suspeita de agressão sexual e ameaças de morte», lê-se, no comunicado da polícia de Manchester, citado pela Sky Sports.

A namorada de Greenwood, Harriet Robson publicou imagens no Instagram nas quais mostrava sérios ferimentos, quer no rosto, quer nos membros e com um áudio no qual e ouvia um homem e uma mulher, alegadamente, ela própria e o jogador.

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo