DESTAQUEFC Porto

Francisco J. Marques reage: “Notícia sobre mim é falsa, não estou detido”

Depois do CM avançar que Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, tinha sido terça-feira detido pelas autoridades por suspeita de violência doméstica, o próprio recorreu à sua rede social Twitter para negar a notícia.

O diretor confirma que foi ouvido devido a uma queixa, mas nega que qualquer detenção tenha sido feita. “Não estou detido, não tenho pulseira eletrónica, não dormi nos calabouços”. Em causa estão dois crimes de violência doméstica, mas, segundo Francisco J. Marques, não existe “acusação de agressões físicas”.

Nos tweets seguintes, o ex-jornalista seguiu a sua defesa.

O diretor de comunicação do FC Porto diz que se vai defender nas devidas instâncias, interpondo um “recurso desta primeira decisão”, seguindo a sua defesa na instrução e julgamento caso chegue a esse ponto.

J. Marques disparou depois no sentido do órgão de comunicação que lançou a notícia, a CM (e CMTV). Acusa o Correio da Manhã de nunca primar “por dizer a verdade” sobre ele próprio. Considera-se um “alvo a abater” desde 2017, porque “houve muita gente que perdeu os privilégios na sequência das divulgações feitas por mim no Porto Canal”. Em causa estarão as divulgações do que ficou conhecido como o caso e-mail do SL Benfica, feita pela comunicação do FC Porto através do canal.

O Jornal de Notícias, já durante o dia desta quarta-feira, avançou que Francisco J. Marques havia ficado com pulseira eletrónica. O jornal diz também que o diretor está impedido de se aproximar da pessoa em questão no processo, a ex-companheira, e da filha entre ambos.

planodesaude.golo.fm

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo