DESTAQUEFutebol

Conti não rende metade do valor que o Benfica gastou

Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, esteve em Portugal para uma reunião com o Benfica que serviu, entre outros assuntos, para tentar a contratação a título definitivo de Germán Conti, defesa-central argentino que está no clube brasileiro por empréstimo das águias.

«O Bahia não tem a menor condição de exercer uma compra de dois milhões de euros por qualquer jogador que seja. É de conhecimento público que tivemos um déficit de R$ 50 milhões no ano passado. Sem o público, a gente perdeu uma receita de sócios, saímos de 46 mil para 14 mil. Perdemos muita receita em venda de jogador. O nosso objetivo é equilibrar as contas», começou por dizer o dirigente.

Em declarações ao Globo Esporte Bahia, Guilherme Bellintani admitiu que as partes estão longe de um acordo: «Não faremos nenhuma loucura. Gosto de fazer investimentos, mas sou muito responsável com as contas do clube. Não temos condição de exercer o que está no contrato. Eu fui a Portugal, cheguei há uma hora de Lisboa. Foi uma primeira conversa, foi positiva, mas ainda distante de um fechamento concreto, porque o Benfica investiu quatro milhões de euros na compra do jogador e quer ter algum retorno desse investimento.»
Germán Conti chegou ao Bahia em março e conquistou de imediato o seu espaço. Com contrato de empréstimo válido até ao final de 2021, o defesa de 27 anos já disputou 38 jogos com a camisola do clube brasileiro.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo