DESTAQUEFutebol

CD Trofense denuncia agressão

O Trofense denunciou que um elemento da sua estrutura do futebol foi agredido por uma pessoa no hotel onde a equipa estava instalada, na preparação para o jogo da II Liga, diante do Casa Pia, em Pina Manique.

Em comunicado, a SAD do emblema da Trofa refere que vai apresentar uma exposição à Liga e à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) sobre a situação, na qual referem que o agressor é a mesma pessoa que, no jogo da segunda jornada entre Trofense e Estrela da Amadora, a 13 de agosto de 2021, «estava inscrito como diretor de segurança do Estrela da Amadora».

«O Clube Desportivo Trofense vai apresentar à Liga Portuguesa de Futebol Profissional e à Federação Portuguesa de Futebol, uma exposição sobre a agressão de que um elemento do seu staff foi vítima, na noite de quinta-feira, quando a sua estrutura se encontrava numa unidade hoteleira em Lisboa, em estágio de preparação para o jogo realizado entre Casa Pia e Trofense. No decurso do estágio, quando a estrutura do Trofense estava à porta do hotel, um elemento do nosso staff foi covardemente agredido por um indivíduo, que irrompeu pela unidade hoteleira com insultos e agressões, especialmente dirigidos a um dos nossos elementos de staff», começa por referir a SAD do Trofense.

«O identificado indivíduo é o mesmo que no jogo da jornada dois, estava inscrito como diretor de segurança do Club Football Estrela da Amadora SAD, que também nesse desafio provocou um conjunto de desacatos e agressões na zona técnica do nosso estádio, factos provados em Processo Disciplinar nº8 -21/22. O mesmo indivíduo, aquando do jogo da jornada 19, de visita do Trofense ao estádio da Reboleira, esteve à porta do estádio e na zona dos camarotes (por onde se movimentou livremente), um confortamento ameaçador e repetidamente insultuoso para com toda a comitiva do nosso clube e da sua administração, factos testemunhados pelos delegados da Liga e forças policiais destacados para o jogo», aponta, ainda, o Trofense, garantindo que vai «até às últimas consequências, para que este ato covarde e vil seja devidamente punido».

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo