DESTAQUEFutebol

Bruno Paixão garante que “nunca foi corrompido”

O antigo árbitro Bruno Paixão garante que «nunca foi corrompido» e tem «vontade de levantar o histórico bancário, entregá-lo à PJ e ser ouvido».

Após ser associado a uma investigação judicial por, alegadamente, ter recebido dinheiro de uma empresa de José Bernardes, arguido do «Saco Azul» que envolve o Benfica, o antigo árbitro diz que apenas se limitou a «cumprir um contrato de trabalho».

«Da única vez que me aliciaram, denunciei  caso à PJ e acabou tudo arquivado», recorda ainda, admitindo também que está em «falência técnica».

planodesaude.golo.fm

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo