DESTAQUEFutebol

Belenenses SAD culpa Liga que respondeu a e-mail por mensagem WhatsApp

A SAD do Belenenses explicou em comunicado a versão dos factos ocorridos no sábado e que levaram à realização da partida com o Benfica.

A equipa do Belenenses SAD compareceu com nove jogadores e o não adiamento do encontro levou o presidente Rui Pedro Soares a culpar a Liga.

O clube detalhou agora em comunicado os eventos e aponta responsabilidade à Liga.

COMUNICADO

“Perante a desinformação existente e a gravidade dos factos ocorridos ontem à noite, a Belenenses SAD tem a obrigação de contribuir para o cabal apuramento dos factos. Neste sentido, consideramos fundamental esclarecer que o adiamento do jogo de ontem – adiamento que considerávamos lógico e inevitável – entre a Belenenses SAD e o Sport Lisboa e Benfica inseria-se e insere-se plenamente, na esfera de responsabilidade da Liga Portugal.

Na noite de sexta feira, informámos a Liga que tínhamos realizado testes antigénio internamente, na sequência de sintomas apresentados por alguns jogadores, nos quais 16 testaram positivo à COVID 19. Informámos também que a Direção Geral de Saúde (DGS) tinha solicitado a lista de contactos considerados de alto risco, classificado o ocorrido como “surto” e enviado uma lista de critérios genéricos de isolamento que teriam de ser escrupulosamente cumpridos. Acresce ainda que a DGS mostrou preocupação pelos riscos associados a uma nova variante, e decretou que fossem a realizados testes PCR a todos os que estavam em isolamento.

Às 12h00 horas de sábado, o Presidente da Belenenses SAD informou através de uma conferência de imprensa que não solicitou o adiamento do jogo nem ao Benfica, nem à Liga. Ficou eventualmente por esclarecer, que a Belenenses SAD entendia e entende que este adiamento não tinha que ser formalmente pedido pelas partes, uma vez que resultava de um problema de saúde pública. Às 14h34 de ontem, a Belenenses SAD, através do seu médico, informou formalmente a Liga da decisão da DGS de colocar 44 membros do nosso grupo de trabalho em isolamento. Ao contrário do que seria expectável a Liga não respondeu a este email e apenas enviou uma mensagem WhatsApp para o Presidente com uma lista de 8 jogadores que considerava aptos para ir a jogo.

Informámos que um desses jogadores estava lesionado, e juntámos informação que o provava. Além disso, outro estava fora do país, por não ter tido autorização de entrada em Portugal, facto que também era do conhecimento da Liga.

Feitas as contas, eram na verdade apenas 6 jogadores efetivamente disponíveis. Seis jogadores que foram considerados suficientes pela Liga para a mesma manter a realização do jogo. A consequência seria a falta de comparência e a consequente perda de pontos. Cerca das 19h00, na sequência do resultado dos testes PCR, que confirmaram 15 casos positivos, a DGS atualizou os contactos de risco e retirou três jogadores de isolamento. Nesse momento, a Belenenses SAD passou a dispor de nove jogadores para apresentar no jogo.

Obviamente, a Belenenses SAD continuava a entender que o jogo não podia realizar-se e solicitou imediatamente à Liga e ao Benfica o adiamento do encontro. O Presidente do Benfica entendeu que naquele momento não era ao Benfica que competia o poder de adiar o jogo.

É importante recordar que num contexto semelhante, embora sem ter em seu poder o mesmo detalhe de informação, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu o adiamento do jogo Sub-23 da BSAD marcado para esta manhã. A Belenenses SAD sempre entendeu que cabia à Liga Portugal, com a qual esteve sempre em contacto, o poder de adiar o jogo por razões desportivas e de saúde pública. É à Liga Portugal que cumpre salvaguardar a integridade da competição e a verdade desportiva. Além das considerações desportivas, graves, a situação médica de todas as pessoas da Belenenses SAD assumiu-se, para nós, como absolutamente prioritária.”

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo