FutebolMAIS NOTÍCIAS

Toni Cosano abandona comando técnico do Petro de Luanda

O Petro de Luanda anunciou ter chegado a acordo com o técnico Toni Cosano para a rescisão “amigável” de contrato.

Apesar da atual liderança do campeonato angolano, os resultados negativos na Liga dos Campeões Africanos acabaram por pesar na decisão tomada esta quarta-feira.

O presidente do clube de Luanda, Tomás Faria, anunciou ainda que Mateus Agostinho “Bodunha” será o sucessor do técnico espanhol para comandar os destinos da equipa.

Toni Cosano, de 43 anos, esteve no papel de coordenador de formação do clube entre 2017 e 2019 e só depois assumiu o cargo de treinador principal.

Na época transata, o Petro de Luanda conquistou a liga angolana e quebrou uma série de quatro campeonatos conquistados consecutivamente pelo 1º de Agosto.

À entrada para a 13ª jornada do Girabola, os ‘tricolores’ são líderes com 22 pontos, mais um que o Interclube. Já na Champions de África ainda não somaram qualquer ponto nas duas jornadas já disputadas.

Mostrar Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo