FutebolMAIS NOTÍCIAS

Marcos Braz admitiu que saída de Jesus era inevitável

Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, falou sobre a saída de Jorge Jesus do clube rubro-negro.

«Quando ele me comunicou, já sabia que era irreversível. Era uma tomada de decisão não só desportiva, mas também pessoal», disse o responsável em entrevista à SBT, explicando.

“Eu sabia que era irreversível. Ele estava a começar a ficar com saudades da família, de Portugal. Já tinha um intervalo para trás de meses na Arábia Saudita.”

Marcos Braz disse ainda que nem sequer tentou fazer Jesus mudar de ideias: “Até mesmo para colaborar com ele, de forma humana, nem tentei argumentar para ele ficar mais.”

Já fez um ano que o Flamengo e Jorge Jesus venceram a Libertadores e esse momento não foi esquecido. “Falei com o Jorge Jesus, conversámos sobre o título. Ele foi uma pessoa muito correta connosco”, disse ainda o vice-presidente do Flamengo.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao Topo