Sócios do Gil Vicente aprovam contas de 2019/20 por unanimidade

Os sócios do Gil Vicente aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, o relatório e contas da época 2019/20, avançou à Lusa fonte oficial do clube que milita na I Liga.

A votação do documento integrou a ordem de trabalhos da assembleia-geral ordinária que decorreu hoje, na bancada sul do Estádio Cidade de Barcelos.

O clube minhoto recusou, porém, divulgar números relativos às contas da época passada.

Na reunião magna, os sócios presentes cumpriram ainda um minuto de silêncio em homenagem a Dito, antigo jogador e treinador de futebol, que era diretor-geral dos “galos’ desde 2019 e morreu em 03 de setembro, com 58 anos.

Eduardo José Gomes Camassele Mendez, conhecido no futebol por Dito, sentiu-se mal quando viajava de automóvel para o complexo desportivo de Melgaço, para acompanhar a fase final do estágio gilista, e morreu após ter sido transportado para o hospital de Monção, outro concelho do distrito de Viana do Castelo.

O antigo defesa central começou a jogar futebol em 1975, no Gil Vicente, clube ao qual regressou em 1993/94, na fase final da carreira de jogador, tendo representado, pelo meio, o Sporting de Braga, Benfica, clube em que venceu a I Liga e a Taça de Portugal, em 1986/87, FC Porto, Vitória de Setúbal, Sporting de Espinho, Torreense e Ovarense.

Partilhar