Sá Pinto apresentado como treinador do Vasco da Gama

Ricardo Sá Pinto acabou de chegar ao Rio de Janeiro e já diz que se sente em casa. O treinador português foi apresentado de forma oficial no Vasco da Gama esta sexta-feira e anunciou que o primeiro objetivo, em conjunto com os jogadores, é fazer os adeptos felizes.

«Ainda antes de chegar ao Vasco, senti esse carinho pelas minhas redes sociais. Recebi muitas mensagens de incentivo a mostrar que eu seria uma boa alternativa. O clube foi fundado por portugueses, isso diz muito. O carinho foi realmente muito importante na minha decisão. É o que sinto isso desde que cheguei. Faz dois dias, lá no aeroporto, ouvi, li e já me sinto em casa. Quero muito ajudar o Vasco, quero ajudar a torcida a ser feliz. Somos muitos», começou por anunciar.

O novo treinador ainda não vai comandar a equipa no jogo de domingo, frente ao Internacional, mas já conheceu o plantel e, desde logo, disse que já viu a alma dos jogadores. «Isso é fundamental. Isso temos de ter em todos os jogos. Senti que há compromisso dos jogadores. Isso é meio caminho andado», referiu.

Sobre o campeonato brasileiro, Sá Pinto confessou que já falou com outros treinadores que passaram pelo Brasil e espera, acima de tudo, muito equilíbrio. «O campeonato é talvez o mais competitivo do mundo. Está recheado de grandes equipes, quase todos já foram campeãs do torneio. A diferença entre vitória, empate e derrota é o detalhe. É por um jogador estar inspirado ou não, por exemplo. O equilíbrio é muito grande», comentou.

Quanto aos objetivos para a temporada. «Nesta altura, penso sempre no próximo jogo, meu objetivo é vencer o primeiro jogo. Foco-me jogo a jogo.

Depois naturalmente, com aquilo que formos conquistando, vamos falando em objetivos», referiu ainda.

Partilhar