Campeã mundial da meia maratona com novo recorde

A atleta queniana Peres Jepchirchir sagrou-se, campeã do mundo feminina da meia maratona, com um novo recorde mundial estabelecido na prova disputada em Gdynia, na Polónia, esta manhã.

Jepchirchir, de 27 anos, completou o percurso de 21 quilómetros em 1:05.16 horas, superando por dois segundos Melat Yisak Kejeta, que estabeleceu novo recorde da Alemanha. A fechar o pódio ficou a etíope Yalemzerf Yehualaw, com mais três segundos.

A queniana bateu por 18 segundos o anterior recorde mundial, que já lhe pertencia e fora obtido a 5 de setembro deste ano, em Praga. Continua, ainda assim, longe do planetário máximo absoluto (em provas mistas, com participação feminina e masculina), que pertence à etíope Ababel Yeshaneh (1:04.31 horas).

A portuguesa Sara Moreira foi a melhor portuguesa, no 39.º lugar, com o tempo de 1.11.39 horas. Jéssica Augusto foi 82.ª classificada, concluindo em 1:15.29 horas.

Do lado masculino, venceu o ugandês Jacob Kiplimo, de apenas 19 anos. Kiplimo bateu o recorde dos campeonatos, com o tempo de 58 minutos e 49 segundos.

O melhor português foi Samuel Barata, no 40.º lugar (1:02.19 horas). Luís Saraiva foi 78.º (1:03.56 horas), Nuno Lopes 107.º (1:06.30 horas) e Rui Pinto não chegou à meta.

Partilhar