Football Leaks: Falência do sistema do Sporting antes do ataque

O crash do sistema de emails do Sporting aconteceu antes dos ataques informáticos alegadamente realizados por Rui Pinto, confirmou esta terça-feira o ex-administrador de sistemas do clube de Alvalade na 11.ª sessão do julgamento do processo ‘Football Leaks’.

Segundo David Luís Tojal, «o primeiro erro detetado aconteceu às 09h06» do dia 22 de setembro de 2015, quando os utilizadores do Sporting ficaram sem acesso às respetivas caixas de email.

Nesse sentido, o antigo técnico informático dos leões indicou que «o primeiro ataque ocorre às 18h55» do mesmo dia, ou seja, quase 10 horas depois do crash.

«A partir das 09h16 foram quase 48 horas seguidas a tentar resolver o problema», afirmou Tojal, que, questionado pela juíza Margarida Alves se o crash esteve relacionado com os comandos alegadamente enviados pelo criador do Football Leaks, respondeu que não.

O ex-técnico informático do Sporting também não conseguiu encontrar uma explicação para a origem do ‘crash’, tendo confessado que os ataques informáticos desse dia não tiveram influência na situação que o sistema de emails do clube estava a atravessar, numa declaração que pode colocar em causa o crime de sabotagem informática imputado pelo Ministério Público a Rui Pinto.

«Na altura não tivemos perceção de que estava a haver o ataque. Só voltámos aos ‘logs’ [registos de acesso] quando sai o contrato de Jorge Jesus no ‘Football Leaks’», assumiu David Luís Tojal.

Partilhar